X fechar

PGM | Procuradoria Geral do Município

Notícias

  • 15
  • MAR
  • 2017

Prefeitura realiza manutenção nas poltronas do Teatro Municipal

Melhoria

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, por meio da Fundação Cultural Dona Militana, concluiu o trabalho de manutenção nas poltronas do Teatro Municipal. O serviço custou quase R$ 6 mil de recursos do Orçamento Geral do Município (OGM). A manutenção foi realizada nos 238 lugares disponíveis na sala de espetáculo Pedro Miranda, incluindo as cadeiras do camarote. Para o presidente da Fundação Cultural Dona Militana, Flávio Henrique, esta é mais uma ação de valorização da cultura e benefícios para os artistas são-gonçalenses. “A gestão do prefeito Paulinho tem sido extremamente sensível com a questão cultural da cidade, que é Berço da Cultura Popular deste Estado, desde que assumiu reconhece isso, inclusive nas ações quando regulamenta o Fundo Municipal de Cultura, quando a logomarca da gestão traz o Galo Branco, símbolo do Folclore do RN e do artesanato potiguar, quando implanta o Conselho Municipal de Cultura, e também quando autoriza uma reforma nas poltronas do teatro. Então estas ações acontecem por que temos um prefeito que incentiva a política cultural e quer que as coisas funcionem de forma eficiente”, enfatizou. O Teatro Municipal de São Gonçalo do Amarante tem 14 anos de história, é um dos poucos do Estado aberto para espetáculos, foi inaugurado em março de 2003, e nos últimos anos passou por diversos serviços de manutenção como pintura, instalação de aparelhos de ar-condicionado modernos e apropriados para refrigeração de grandes ambientes, aquisição de equipamentos de iluminação digital em LED, bem como reparos hidráulicos, elétricos, manutenção no telhado e outros serviços. Flávio informou ainda que em São Gonçalo do Amarante o artista local não paga pauta para montagem e apresentação de espetáculos. “O teatro é um dos principais equipamentos do município para os fazedores de cultura da cidade. Aqui, todo artista de São Gonçalo, pode produzir seu espetáculo, apresentar e ganhar seu dinheiro sem pagar a pauta do espaço como acontece em outros municípios. Quando a gente faz um investimento desse, na manutenção do teatro, é pensando na qualidade do trabalho dos artistas e no conforto da plateia”, finalizou.
voltar
0 Pessoa(s) Comentaram:
Topo

Os campos abaixo apresentam erro:

  • Nome
  • E-mail
  • Mensagem

Cadastrado com sucesso